Afinal, crianças precisam de óculos de sol infantil?


 

Os dias de verão são sempre ótimos, e nada melhor do que aproveitar essa temporada ao ar livre com a família! Quem tem filhos sabe que nesses momentos a proteção precisa vir em primeiro lugar. Isso porque, mesmo nos dias nublados, ficamos mais vulneráveis a exposição aos raios ultravioletas.

Para evitar problemas futuros, o uso do protetor solar é sempre indicado. Mas você já pensou na importância de proteger os olhos dos pequenos? Os óculos de sol infantil podem ser a melhor opção nesse caso.

Neste post você entenderá a importância desse acessório, além de conferir também algumas dicas sobre como escolher o modelo ideal. Veja abaixo:

Entenda a importância do óculos de sol infantil

Todos sabemos sobre os males causados pela exposição prolongada ao sol. No entanto, poucos conhecem os problemas que os raios UV oferecem aos nossos olhos.

Sem a proteção adequada, a luz solar pode causar alterações na retina, progredindo para a chamada degeneração macular senil, que em outras palavras significa a perda da visão central. Há também outros problemas que a exposição exagerada ao sol pode causar, como inflamações, irritabilidade, vermelhidão e lacrimejamento.

Quando falamos sobre as crianças, esse fato não é diferente. Apesar da pouca idade, elas apresentam o mesmo grau de sensibilidade dos adultos. Porém, até os 7 anos de idade, a visão ainda não é totalmente desenvolvida.

Com isso, é indicado que somente após os 3 anos os pais apostem no uso do óculos de sol infantil. Caso contrário, a criança poderá sofrer com problemas relacionados às cores e luminosidade.

Se você estiver na dúvida sobre usar ou não o acessório, é recomendado agendar uma consulta com o médico especialista ainda entre os 6 e 8 meses do seu bebê. Com o acompanhamento correto, você terá muito mais segurança para fazer a melhor escolha sobre o óculos de sol infantil.

 

Descarte os mitos sobre os olhos

Provavelmente você já ouviu alguns mitos sobre o uso do óculos de sol infantil. O primeiro e mais comum deles, é sobre a fotofobia ou sensibilidade à luz. Há quem imagine, de forma errada, que pessoas com olhos mais claros têm maior dificuldade para permanecer em ambientes muito iluminados.

O seu bebê tem olhos azuis ou verdes? Não se preocupe! Essa condição depende de diversos outros fatores, e não da pigmentação da íris.

Outro engano é afirmar que as lentes mais escuras são as que mais protegem os olhos. O que garantirá a qualidade da sua peça é o fator de proteção UV. Para isso, procure sempre adquirir os seus óculos em lojas especializadas.

Ganhou o acessório de presente? Neste caso, vá ao oftalmologista e verifique a qualidade por meio do lensômetro. Esse equipamento pode identificar se as lentes protegem ou não os olhos.

 

Saiba como escolher o óculos de sol infantil ideal

Agora que você já sabe a importância do óculos de sol infantil, é a hora de saber como fazer a escolha certa!

 

Escolha uma boa loja

Antes de mais nada, busque uma loja de confiança para realizar a sua compra. Escolha entre uma ótica online ou física e descarte a ideia de investir em armações ou lentes falsificadas. Lembre-se: preze sempre pela saúde!

Verifique a proteção UVA e UVB

Os raios UVA são responsáveis por atingir a derme, camada mais profunda da pele, causando vermelhidão e alguns danos irreversíveis. Já os raios UVB atingem a camada mais superficial e são os causadores das temidas queimaduras solares. Antes de adquirir o óculos de sol infantil, cheque se há selos ou informações sobre a proteção dos dois tipos.

Pense no conforto das crianças

Crianças costumam ser inquietas e brincar o dia todo, ainda mais no verão! Então, dê prioridade aos modelos que ofereçam o máximo de conforto para o rosto infantil. Considere escolher materiais leves e de alta qualidade, como as lentes de policarbonato.

Preste atenção no tamanho do produto

Além de uma proteção 100%, é preciso observar o tamanho do rosto da criança. Se você adquirir uma armação muito grande, como as fabricadas para o público adulto, é possível que a criança passe a olhar pelas laterais do óculos. Isso provocará distorção de imagem e fará com que a pupila saia do seu eixo habitual.

Mantenha consultas regulares com um oftalmologista

O seu bebê já passou por uma consulta com um oftalmologista? Em geral, é recomendado que o primeiro exame ocular seja realizado ainda nos primeiros meses. Eles são importantes para analisar o desenvolvimento neuropsicomotor, aparência externa, simetria facial e também para identificar se há qualquer problema de má formação.

As consultas devem ser mantidas, inclusive, durante os primeiros anos escolares. Isso porque durante o processo de alfabetização, algumas crianças sentem dificuldade de enxergar o conteúdo da lousa, impedindo o desenvolvimento da leitura e escrita.

Gostou das nossas dicas sobre óculos de sol infantil? Aproveite e confira os nossos produtos especiais para as crianças!

VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply